Terça, 23 de Julho de 2024
20°

Tempo limpo

Cajazeiras, PB

Polícia Fuga

Dois detentos fogem do presídio do Serrotão em Campina Grande nesta terça (09)

De acordo com a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (SEAP), os presos utilizaram uma serra para cortar a grade que dava acesso ao sistema de esgoto da unidade prisional

10/07/2024 às 04h53
Por: Angelo Lima Fonte: Patos Online
Compartilhe:
Dois detentos fogem do presídio do Serrotão em Campina Grande nesta terça (09)


Dois detentos fugiram da Penitenciária Regional Raimundo Asfora, o Serrotão, localizado na cidade de Campina Grande, nesta terça-feira, dia 09 de julho. A informação foi confirmada pela Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap).

 

Continua após a publicidade

De acordo com a Seap, os presos utilizaram uma serra para cortar a grade que dava acesso ao sistema de esgoto da unidade prisional. Segundo a Gerência de Inteligência e Segurança Orgânica Penitenciária da Paraíba os detentos são José Edson dos Santos Pereira, conhecido como "Edson Taxista" (imagem à direita), e Edson da Silva Santos, conhecido como "Etinho" (imagem à esquerda). A fuga foi realizada durante a madrugada de hoje (09). 

Continua após a publicidade

Segundo a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária, todas as forças de segurança pública, incluindo Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal, já foram acionadas para auxiliar nas buscas e na captura dos indivíduos. 

Uma recontagem de presos foi realizada na unidade após a fuga dos dois indivíduos. 


Através da assessoria de imprensa, a Seap informou que deve dar detalhes sobre o ocorrido nesta quarta-feira (10), informando sobre a dinâmica da fuga dos dois presos e o andamento das diligências para recapturar a dupla.

Origem dos fugitivos


Edson da Silva Santos, de 29 anos, é oriundo da região de Olivedos/Pocinhos. Já José Edson dos Santos Pereira, de 31 anos, é natural da região de Cubati/Picuí.

Edson da Silva Santos, de 29 anosJosé Edson dos Santos Pereira, de 31 anos
 

A população é orientada a colaborar com as autoridades, informando qualquer atividade suspeita ou possível avistamento dos fugitivos. Denúncias podem ser feitas anonimamente através do telefone 197, da Polícia Civil, ou pelo 190, da Polícia Militar.

 

Continua após a publicidade

Por Felipe Vilar - Patos Online

Ele1 - Criar site de notícias